compartilhe

Vida dos insetos inspira espetáculo do Cirque Du Soleil “OVO”, dirigido por Deborah Colker; produção é inédita e destaca a cultura brasileira

19/04 a 12/05
Publicado em 07/11/18

Prepare-se que em 2019 o Cirque du Soleil volta ao Brasil com o espetáculo OVO, dirigido por Deborah Colker,depois de passar pela América do Norte e Europa, nos últimos dois anos. Em curta temporada pelo país, o show irá passar por Belo Horizonte, de 07 a 17 de março, no Ginásio Mineirinho; Rio de Janeiro de 21 a 31 de março, na Jeunesse Arena; Brasília de 05 a 13 de abril, no Ginásio Nilson Nelson; São Paulo de 19 de abril a 12 de maio, no Ginásio do Ibirapuera. A pré-venda em São Paulo começa entre os dias 09 e 30 de novembro e clientes dos Cartões Bradesco, BradesCard e next têm benefícios exclusivos de 20% de desconto; Membros Cirque Club podem entre os dias 1 e 2 de dezembro; publico em geral a partir de 3 de dezembro.

Um espetáculo repleto de movimentos, acrobacias incríveis, números de tirar o fôlego e um figurino impecável, OVO foi inspirado na cultura brasileira, cheio de cores e com uma trilha musical que viaja pelos mais diversos ritmos do País, da bossa nova ao samba, passando pelo xaxado e funk, entre outros. Além de inédito, o espetáculo marca também a estreia da primeira diretora mulher do Cirque Du Soleil com a brasileira Deborah Colker. Ela contou que foram quase três de anos de muitas conversas e negociações e nove meses para produzir todo o espetáculo, que reúne 53 pessoas em cena e os melhores acrobatas do mundo, os chamados “red level”.

OVO é um mergulho em um ecossistema colorido e repleto de vida, onde os insetos trabalham, comem, rastejam, flutuam, brincam, brigam e buscam pelo amor em uma farra sem fim, cheia de energia e movimento. O universo dos insetos é um mundo de biodiversidade e beleza, cheio de ruídos e momentos de emoção silenciosa. O elenco de OVO é composto por 50 artistas de 14 países, incluindo quatro brasileiros, especializados em diversas acrobacias. O espetáculo é apresentado no Brasil pelo Bradesco, conta com o patrocínio de Café L’OR e é realizado pela IMM Esporte e Entretenimento.


Por trás do espetáculo OVO

Tudo acontece quando um ovo misterioso aparece em seu habitat, os insetos ficam maravilhados e intensamente curiosos sobre esse objeto icônico que representa o enigma e os ciclos de suas vidas. É amor à primeira vista quando um inseto desajeitado e peculiar chega nessa comunidade movimentada e se depara com uma joaninha fabulosa.

OVO transborda de contrastes. O mundo oculto e secreto aos nossos pés é revelado de maneira tenra e tórrida, barulhenta e silenciosa, pacífica e caótica. E quando o sol nasce em um novo e belo dia, o ciclo vibrante da vida dos insetos recomeça. OVO é um símbolo atemporal do ciclo da vida e nascimento de numerosos insetos que sustentam a trama subjacente do show. Em sua criação gráfica, o logotipo com o nome do espetáculo remete à figura de um inseto: As duas letras “O” representam os olhos, enquanto da letra “V” saem duas pequenas antenas.

Além de Colker, o espetáculo traz um time criativo de peso, como Guy Laliberté e Gilles Ste-Croix (Guias Artísticos); Deborah Colker, primeira diretora mulher no Cirque du Soleil (Autora, Diretora e Coreógrafa); Chantal Tremblay (Diretora de Criação); Gringo Cardia (Designer de cenário e adereços); Liz Vandal (Figurinista); Berna Ceppas (Compositor e Diretor Musical); Éric Champoux (Designer de Iluminação); Jonathan Dean (Designer de Som) e, pela primeira vez no Cirque du Soleil: Fred Gérard (Rigging e Designer de Equipamento Acrobático); Philippe Aubertin (Designer de Performance Acrobática); e Julie Bégin (Designer de Maquiagem).

Conheça cada um dos 11 números apresentados em OVO:

  1. Ants:  os insetos mais trabalhadores da comunidade são as formigas vermelhas brilhantes. Assim que acordam, passam a jornada recolhendo alimento. No cardápio de hoje, kiwis e milho. Mas nem tudo é trabalho; elas também se divertem. Deitadas de costas, usam os pés para equilibrar a própria comida ou até mesmo outras formigas, em uma demonstração impressionante de malabarismo de precisão.
  2. Orvalho: sobre caules esguios e gavinhas retorcidas de uma planta elegante, uma libélula executa um gracioso número de parada de mão, transferindo o peso de uma mão para a outra enquanto se mantém equilibrada no topo da folhagem, de ponta-cabeça. A tarefa exige controle e força extraordinários.
  3. Diabolôs: manuseando em alta velocidade e com extrema segurança um jogo de diabolôs (espécie de ioiô gigante que desliza sobre um fio preso a varetas), um vaga-lume arremessa um, dois, três e, finalmente, quatro carretéis no ar e os enlaça de volta em perfeita coordenação, num malabarismo aparentemente impossível.
  4. Creatura: parte slinky (brinquedo semelhante a uma mola) e parte inseto, a Creatura dita o seu próprio ritmo: é um nó flexível e sinuoso, de membros alongados em constante movimento.
  5. Web: uma das aranhas engraçadas do show revela o seu lado sensual quando atrai a atenção de um grupo de grilos ao entrelaçar o corpo sobre, sob e através dos fios de sua teia. Logo, junta-se a ela uma deslumbrante aranha contorcionista, que exibe o seu próprio feitiço sensual com um número de tirar o fôlego.
  6. Acro trio: combinando elementos de dança, acrobacia, atletismo e pura agilidade, três pulgas amarelas e vermelhas voam pelo ar e se juntam em formações esculturais graciosas e perfeitamente equilibradas.
  7. Slackwire: em uma performance de difícil execução, uma aranha desafia a gravidade e a física em uma sucessão de feitos aparentemente impossíveis de força e equilíbrio ao atravessar um arame bambo. Em certo momento, seu corpo se inclina a um ângulo de 45 graus em relação ao solo, que está cinco metros abaixo. O número culmina com o artista andando de monociclo de ponta-cabeça. O arame se move constantemente para cima e para baixo, aumentando o seu grau de dificuldade.
  8. Wall: marca registrada da diretora Deborah Colker, este número apresenta uma dúzia de artistas correndo, pulando e cruzando – de um lado para o outro e de baixo para cima – uma parede vertical sem o apoio de cordas de segurança. Colchões de ar e trampolins ajudam na aceleração, velocidade e impulso para voar. A capacidade atlética, a força física e a coordenação do time cuidam do resto.
  9. Cocoon: combinando agilidade e graça, esta futura borboleta exibe sua metamorfose teatral em um número de contorção solo em tecido aéreo.
  10. Scarabs: em um número aéreo espetacular, um grupo de escaravelhos se lança entre banquilhas (plataformas) localizadas nas bordas e no centro do palco, em voos de seis metros de distância.
  11. Butterflies: misturando mão-a-mão, balé e contorção aérea em um impressionante número no ar, este par de Borboletas executa um pas-de-deux em correias aéreas que lhes permite rodopiar e aterrissar, saltar e voar em perfeita harmonia.

Saiba um pouco mais dos personagens

The Ladybug – A Ladybug (Joaninha) é grande e forte (embora não perceba) e cheia de vida. Ao contrário de todos os outros insetos da comunidade, ela não faz parte de uma família. Ela é sozinha e solitária e está secretamente esperando que algo maravilhoso aconteça em sua vida – algo como o amor. Quando The Foreigner chega carregando um estranho ovo, ela fica animada com a possibilidade de que a sua vida – e a de todos os outros – esteja prestes a mudar.

The Foreigner – The Foreigner (O Estrangeiro) é uma mosca em constante movimento, com muita vitalidade, carente de atenção, cheio de bravatas e de uma confiança equivocada – algumas vezes é simplesmente maluco. A aranha sexy vê sua chance de conquistá-lo se esvair quando ele se depara com a Ladybug pela primeira vez. É amor à primeira vista!

Master Flipo – Master Flipo é o chefe da comunidade de insetos, talvez por ser o mais velho. Ele é inteligente e sábio – mas excêntrico e bastante bobinho algumas vezes. Toda a comunidade o respeita e gosta dele, mesmo sabendo que ele pode ser um pouco idiota.


Curiosidades e fatos

  • FIGURINO – A figurinista Liz Vandal inspirou-se em várias fontes, incluindo alguns designers de moda, como Pierre Cardin – mestre das linhas gráficas e formas geométricas -, bem como nas mangas com fendas da época da Renascença. Liz e sua equipe utilizaram a técnica de pregas permanentes desenvolvida pelo designer japonês Issey Miyake, que dá uma certa rigidez ao material e cria um efeito orgânico. A maioria dos personagens tem duas versões de figurinos: a primeira, mais leve e funcional, para a performance acrobática; e a segunda, mais pesada e rica em detalhes, para as cenas de vida na comunidade.
  • MÚSICA – Para criar a trilha musical de OVO, o carioca Berna Ceppas misturou bossa nova, samba e xaxado a funk e electromusic, entre muitos outros ritmos. E, como era de se esperar de um bom brasileiro, recorreu a muita percussão. Sampleou sons reais de insetos para inserir na música que compôs diretamente no teclado e, além disso, atribuiu instrumentos e temas individuais a personagens específicos do show. Ao contrário dos musicais, onde o elenco segue o ritmo da música, no Cirque du Soleil é a música que precisa se adaptar ao que acontece em cena. Para isso, o líder da banda, músicos, cantores e equipe de som comunicam-se ao longo de todo o espetáculo via fones de ouvido e microfones.
  • CENOGRAFIA – Criando um espaço orgânico e interpretando a natureza, o designer gaúcho (radicado no Rio de Janeiro) Gringo Cardia inspirou-se nas estruturas que certas espécies de insetos criam quando estabelecem ninhos e colônias. O cenário geral de OVO estiliza um habitat onde os insetos vivem – às vezes uma floresta, em outras uma caverna, ou até mesmo uma casa. O objetivo de Gringo era criar um ambiente orgânico que pudesse se transformar em muitos outros lugares.
  • OVO é a 25ª produção do Cirque du Soleil e foi criada para comemorar o 25º aniversário da companhia.
  • OVO estreou mundialmente em Montreal em abril de 2009 e visitou mais de 30 cidades em seis países com a sua famosa tenda Big Top, antes de se tornar em 2016 em um show de arena.
  • OVO comemorou seu 2000º show em fevereiro de 2015, em Fukuoka, Japão.
  • A equipe de OVO reúne pessoas de 17 países: Austrália, Bielorrússia, Bélgica, Brasil, Canadá, Chile, China, Dinamarca, França, Moldávia, Mongólia, Rússia, Espanha, Taiwan, Ucrânia, Reino Unido e Estados Unidos.

VALORES DOS INGRESSOS
SETOR
1/2 ENTRADA
INTEIRA
SETOR 3
R$ 130,00
R$ 260,00
SETOR 2
R$ 160,00
R$ 320,00
SETOR 1
R$ 220,00
R$ 440,00
CADEIRA ESPECIAL
R$ 250,00
R$ 500,00
PREMIUM
R$ 290,00
R$ 58

Atenção: crianças até dois anos não pagam, desde que fiquem no colo dos pais ou responsáveis.


PRÉ-VENDA PARA CLIENTES BRADESCO
Clientes dos Cartões Bradesco, BradesCard e next contarão com pré-venda exclusiva nas quatro cidades.

Confira as datas em que os ingressos poderão ser adquiridos:
– Belo Horizonte, entre os dias 06 e 27 de novembro;
– Rio de Janeiro, entre os dias 07 e 28 de novembro;
– Brasília, entre os dias 08 e 29 de novembro;
– São Paulo, entre os dias 09 e 30 de novembro.

Os Clientes dos Cartões Bradesco, BradesCard e next têm benefícios exclusivos de 20% de desconto e parcelamento em até 6X sem juros (limitado a 6 ingressos inteiros por CPF e 50% dos ingressos disponibilizados). O parcelamento não é válido para os cartões de débito e corporativos. As compras on-line podem ser feitas com os Cartões de Crédito Bradesco, Bradescard e next. As compras nas bilheterias oficiais e pontos de vendas podem ser feitas com Cartões de Crédito e Débito Bradesco, Bradescard e next. O desconto não incidirá sobre o valor do serviço Tapis Rouge.

PRÉ-VENDA PARA MEMBROS CIRQUE CLUB
O Cirque Club é um clube gratuito e com diversos benefícios, que incluem ingressos antecipados e informações exclusivas de bastidores. Confira as datas em que os ingressos poderão ser adquiridos:
– Belo Horizonte, no dia 28 de novembro;
– Rio de Janeiro, entre os dias 29 e 30 de novembro;
– Brasília, no dia 30 de novembro;
– São Paulo, entre os dias 01 e 02 de dezembro.

Para participar do clube, acesse www.cirqueclub.com.

VENDA PARA O PÚBLICO GERAL
A venda para o público em geral começa nas seguintes datas:
– Belo Horizonte, a partir do dia 29 de novembro;
– Rio de Janeiro, a partir do dia 01 de dezembro;
– Brasília, a partir do dia 01 de dezembro;
– São Paulo, a partir do dia 03 de dezembro.


SOBRE O CIRQUE DU SOLEIL

Do pequeno grupo de 20 artistas de rua no seu início, em 1984, o Cirque du Soleil transformou-se na principal companhia circense do mundo a proporcionar entretenimento de alta qualidade. A empresa tem cerca de 4.000 funcionários, incluindo 1.300 artistas de mais de 50 países. O Cirque du Soleil já visitou mais de 400 cidades de 60 países e seis continentes, levando diversão e encantamento a cerca de 160 milhões de espectadores
Passeio: Cirque Du Soleil - Espetáculo OVO
Recomendado: Todas as idades
Quando: de 19/04 a 12/05
Preços: Entre R$130 e R$290 a meia-entrada
Onde: Ginásio do Ibirapuera – Rua Manoel da Nóbrega, 1361, Paraíso - São Paulo
[como chegar]
Informações: 3887-3500, Ramal 200/201
parqueibirapuera.org/
Facilidades:
• Abre em feriados
• Estacionamento pago
• Aceita excursões escolares
• Rampas de acesso
• Ar condicionado
Não perca mais nenhum passeio legal! Cadastre-se e receba nossas novidades em seu e-mail!
como chegar:
Passeio: Cirque Du Soleil - Espetáculo OVO
Recomendado: Todas as idades
Quando: de 19/04 a 12/05
Preços: Entre R$130 e R$290 a meia-entrada
Onde: Ginásio do Ibirapuera – Rua Manoel da Nóbrega, 1361, Paraíso - São Paulo
[como chegar]
Informações: 3887-3500, Ramal 200/201
parqueibirapuera.org/
Facilidades:
• Abre em feriados
• Estacionamento pago
• Aceita excursões escolares
• Rampas de acesso
• Ar condicionado
Compartilhar:
Avaliação:
Quero avaliar
enviar
Avalie:
Enviar
enviar
Passeios

“PinaFamília”: uma viagem divertida pelo acervo da Pinacoteca que prova que ir ao museu é muuuuito legal

09/12
Gratuito
Passeios
Hoje tem!

Grátis! Papai Noel e personagens de “O Quebra Nozes” encantam as crianças no Natal do Anhanguera Parque Shopping

01/10 a 24/12
Gratuito
Passeios
Hoje tem!

Grátis! Um jardim encantado com trenzinho, escorregador e oficinas animam o natal do Shopping Iguatemi Alphaville

03/11 a 03/01
Gratuito
Atenção: Todas as informações sao de responsabilidade dos organizadores do evento e estão sujeitas a modificações sem prévio aviso. As informações foram checadas pela equipe de reportagem do São Paulo para crianças em Novembro de 2018. Antes de sair de casa, confirme os dados com o destino, para evitar imprevistos
Quer falar diretamente com seu público-alvo?
Anuncie aqui!
Nossos canais:
® São Paulo para Crianças é uma marca registrada. Todos os direitos reservados. - desenvolvido por Ideia74
Cadastre-se para ficar por dentro das novidades!