compartilhe
São Paulo
+16...+30° C

Saúde infantil: criança deve beber água constantemente

Por Dr. Sylvio Renan Monteiro de Barros - publicado em 17/07/2018

Água é Vida! E todos sabem que a maior parte de nosso corpo é composto por água. Que um músculo é composto por aproximadamente de 75% de água; o sangue, por 95%; a gordura do nosso corpo, 14%. Nas crianças, a porcentagem de água é ainda maior: quase 80%.

A água é responsável por diversas reações químicas em todos os órgãos. O problema é que não conseguimos reter água no corpo, já que ela é liberada constantemente e de diversas formas, no suor, na urina, na perspiração insensível e na respiração.

Para fazer um paralelo, pais, professores e cuidadores podem aproveitar este Dia Mundial da Água para alertar e conscientizar as crianças sobre a importância de ingerir água diariamente. Porque é nessa fase de desenvolvimento, principalmente, que esse nutriente se faz muito necessário. Para se ter uma ideia, podemos ficar vários dias sem comer, mas sem beber água não.

Então, como explicar para uma criança a importância em beber água constantemente?

Beber água é fundamental e traz diversos benefícios, seja para o desenvolvimento motor, neuronal, seja para o bom funcionamento das funções dos rins, bexiga, intestino e até mesmo dos olhos, porque a água é componente da formação das lágrimas.

Também é essencial na digestão. Após comermos, os alimentos são transformados em pequenas porções, que serão absorvidas pelo organismo em um processo fisiológico no qual a água tem importante papel. Além disso, a água ajuda a eliminar do corpo as substâncias que não devem ser absorvidas, através da urina e suor, formada basicamente por água e substâncias tóxicas ou em excesso dissolvidas.

Um dos principais alertas para as crianças, e que os adultos devem ficar atentos, é a regulação da temperatura do corpo. Deve-se beber água, sobretudo, em dias quentes e quando a criança da prática atividade física. O excesso de calor libera suor e colabora com o resfriamento do corpo, mas como as crianças possuem uma menor capacidade de suar e eliminar o calor do corpo do que os adultos, esta regulação deve estar equilibrada.

A desidratação é um perigo! Quando uma criança está numa brincadeira ativa ou praticando alguma atividade física, dificilmente ela vai parar para beber água. Cabe aos pais, professores e cuidadores oferecer água justamente nestes momentos.

De modo geral, toda criança deve beber quatro copos de água por dia. Mas a quantidade de água está relacionada também à idade: dos 7 aos 12 meses, em média, 800 mililitros/ dia. Ao completar 1 ano, até os 3 anos de idade, 1.300 ml, e dos 3 aos 8 anos, 1.700 ml.

Uma recomendação importante é evitar oferecer água (ou qualquer outro líquido) durante as refeições, para não “encher” o estômago e evitar a redução da quantidade de alimentos a ser consumido. Mantenha o hábito de oferecer água 30 minutos antes ou depois das refeições. Fora o período das refeições, ofereça água constantemente.

E para os bebês? Durante a amamentação, pelo menos até os seis meses de idade, o leite materno já oferece quantidade de água suficiente para o bebê. Também não é necessário chá ou suco. Após esta fase, o indicado oferecer água principalmente nos dias mais quentes.

Já as mamães que estão amamentando devem consumir bastante água, para garantir a quantidade de nutrientes suficiente para o leite materno.

No dia 22 de março comemoramos o Dia Mundial da Água, todos os anos. Nesse dia, e em todos os outros, não esqueça: incentive toda criança a beber água. Água é saudável, água é vida!

Sobre Dr. Sylvio Renan Monteiro de Barros:
Dr. Sylvio Renan Monteiro de Barros - Graduado pela Faculdade de Medicina do ABC, com especializações e títulos pela Unifesp/EPM, Sociedade Brasileira de Pediatria e General Pediatric Service da University of California (UCLA, Los Angeles, EUA). Atuou por quase 30 anos no Pronto Socorro Infantil Sabará e foi diretor técnico do Hospital São Leopoldo, cargo que deixou para se dedicar ao seu consultório, a MBA Pediatria, e à literatura médica para leigos. É autor dos livros "Seu bebê em perguntas e respostas - Do nascimento aos 12 meses" e “Pediatria Hoje”.

>> Site: http://mbapediatria.com.br

>> Facebook: https://www.facebook.com/pediatriahoje

>> Twitter: https://twitter.com/pediatria_hoje

>> Instagram: https://www.instagram.com/pediatriahoje
Quer receber mais artigos como esse? Cadastre-se e receba nossas novidades em seu e-mail!
Sobre o Dr. Sylvio Renan Monteiro de Barros:
Dr. Sylvio Renan Monteiro de Barros - Graduado pela Faculdade de Medicina do ABC, com especializações e títulos pela Unifesp/EPM, Sociedade Brasileira de Pediatria e General Pediatric Service da University of California (UCLA, Los Angeles, EUA). Atuou por quase 30 anos no Pronto Socorro Infantil Sabará e foi diretor técnico do Hospital São Leopoldo, cargo que deixou para se dedicar ao seu consultório, a MBA Pediatria, e à literatura médica para leigos. É autor dos livros "Seu bebê em perguntas e respostas - Do nascimento aos 12 meses" e “Pediatria Hoje”.

>> Site: http://mbapediatria.com.br

>> Facebook: https://www.facebook.com/pediatriahoje

>> Twitter: https://twitter.com/pediatria_hoje

>> Instagram: https://www.instagram.com/pediatriahoje
Compartilhar:
Quer falar diretamente com seu público-alvo?
Anuncie aqui!
Nossos canais:
® São Paulo para Crianças é uma marca registrada. Todos os direitos reservados. - desenvolvido por Ideia74
Cadastre-se para ficar por dentro das novidades!