compartilhe
São Paulo
+16...+30° C

Reajuste na mensalidade escolar? Saiba organizar as finanças

Por Reinaldo Domingos - publicado em 04/10/2017

Muitas escolas reajustam os preços das mensalidades neste período, portanto é preciso organizar o orçamento financeiro familiar para continuar garantindo estudos de qualidade para os filhos.

É importante ter em mente que todos os custos que envolvem a educação não são despesas, e sim investimentos. Mesmo que altos, devem ser priorizadades no orçamento.

Se necessário, a família pode diminuir ou cortar outras despesas, menos importantes e muitas vezes supérfluas. Veja cinco pontos a serem analisados e priorizados neste momento:

1- Situação financeira da família

Fazendo um diagnóstico financeira, a família consegue saber em qual situação se encontra. Se for de endividamento ou inadimplência, é hora de rever todos os gastos para priorizar a continuidade dos filhos na escola.

Este é o momento para traçar um planejamento financeiro para 2018, considerando o valor das mensalidades reajustado.

2- Desejo da criança

É importante sentar e conversar com as crianças e saber se elas gostam da escola atual e querem continuar. Muitas vezes, a mudança indesejada pode comprometer até mesmo o rendimento escolar, já que teriam que se readaptar a um novo ambiente e novas pessoas.

3- Gastos adicionais

No processo de planejamento para 2018, é importante considerar as demais despesas que envolvem a rotina escolar, como uniforme, lanche, material, eventuais passeios, transporte, etc.

É aconselhável que os pais criem uma reserva financeira para imprevistos nesse sentido. Assim não precisarão se endividar caso surja algo não esperado, como a necessidade de ctrocar de mochila ou repor materiais.

4- Negociação com a escola

Se preciso, é recomendável marcar uma reunião com o diretor, explicando a situação e ajustando o que pode ser feito para viabilizar a permanência. Muitas vezes, perdemos oportunidades por falta de tentar.

Pode ser que consiga uma bolsa, um desconto, mesmo que temporário, uma isenção da matrícula ou mesmo uma condição especial para pagar as mensalidades.

5- Diferenciais no ensino

Considere os diferenciais que a escola oferece para a educação de seus filhos, como por exemplo a educação financeira em sala de aula. Este tem sido considerado o melhor caminho para que esta nova geração tenha um comportamento sustentável em relação às finanças, sendo menos endividada e inadimplente.

Sobre Reinaldo Domingos:
Doutor em educação financeira, presidente da Associação Brasileira de Educadores Financeiros (Abefin) e da DSOP Educação Financeira e autor do best-seller Terapia Financeira, do lançamento Diário dos Sonhos e da primeira Coleção Didática de Educação Financeira do Brasil. Domingos é pai do Fabrizzio e da Graziella.
Quer receber mais artigos como esse? Cadastre-se e receba nossas novidades em seu e-mail!
Sobre o Reinaldo Domingos:
Doutor em educação financeira, presidente da Associação Brasileira de Educadores Financeiros (Abefin) e da DSOP Educação Financeira e autor do best-seller Terapia Financeira, do lançamento Diário dos Sonhos e da primeira Coleção Didática de Educação Financeira do Brasil. Domingos é pai do Fabrizzio e da Graziella.
Compartilhar:
Quer falar diretamente com seu público-alvo?
Anuncie aqui!
Nossos canais:
® São Paulo para Crianças é uma marca registrada. Todos os direitos reservados. - desenvolvido por Ideia74
Cadastre-se para ficar por dentro das novidades!