compartilhe

Princesa redesenhada, animador brasileiro e mais curiosidades sobre Wi-Fi Ralph (sem spoilers)

Por Paulo Gratão - publicado em 04/01/2019

Depois de muita espera, finalmente o Brasil recebeu a sequência de Detona Ralph (2012), Wi-Fi Ralph. A animação é a primeira continuação solo da Disney a ir para os cinemas em quase 30 anos, a última foi Bernardo e Bianca na Terra dos Cangurus, em 1990.

No novo filme, Ralph e Vanellope saem do fliperama, onde ficam seus jogos, e vão para a internet buscar uma peça para salvar o jogo Sugar Rush. Lá, eles encontram novas aventuras e muitos personagens de estúdios da Disney, como as icônicas princesas.

O longa estreou nos Estados Unidos no último feriado de ação de graças, em novembro, e arrecadou US$ 87 milhões. Foi maior que Moana (2016), mas ainda inferior a Frozen (2013).

Separei sete curiosidades sobre essa produção que chega aos cinemas brasileiros. Pode ficar tranquilo, não há spoiler:

  1. Uma das primeiras versões da história mostraria Vanellope como uma viciada em internet e como seu desespero por atenção faria ela se esquecer de quem realmente é. Os diretores acharam que seria muito previsível e descartaram essa possibilidade.
  2. A Disney precisou redesenhar a princesa Tiana, de A Princesa e o Sapo (2009). O estúdio vinha sendo acusado de afinar o nariz da primeira princesa negra do estúdio e clarear sua pele. A própria dubladora, Anika Noni Rose veio a público dizer que foi perguntar o que tinha acontecido e a Disney esclareceu que a tecnologia utilizada acabou descaracterizando a Tiana. Com isso, eles refizeram os traços da personagem.
  3. Um dos easter eggs que teriam no filme seria o vilão de Star Wars, Kylo Ren como uma criança mimada. O diretor Rich Moore disse que a Lucasfilm pediu que não o fizessem e eles respeitaram.
  4. Todas as princesas já tinham tido versão em 3D no Princesinha Sophia, exceto Pocahontas. Essa é a primeira vez que a índia aparece eu computação gráfica.
  5. O filme conta com um animador brasileiro. Renato dos Anjos. Ele veio para a divulgação do filme no Comic Con Experience.
  6. Para fazer a cena das princesas, a Disney colocou todas em uma sala para entender como elas interagiriam, na questão de falas e movimentos. O local foi chamado de Princesspalooza.
  7. É tradição que a equipe responsável visite as locações de onde um filme vai se passar. Em Mulan eles foram para a China, em O Rei Leão foram para a África, em Frozen, para a Noruega e em WiFi Ralph eles foram visitar uma fazenda de servidores para ter uma ideia de como seria a cidade da internet. Na entrevista ao UOL, eles chegaram a cogitar um terceiro filme em que o Ralph passa por uma impressora 3D e vem para o mundo real.

Saiba mais sobre o filme que acaba de estrear no Brasil:

Sobre Paulo Gratão:
Jornalista, escritor, criador e apresentador do canal do YouTube Orelhas & Tiaras, especializado no universo das animações Disney. Há vídeos novos todas às terças e quintas-feiras, ao badalar da meia-noite.

>> YouTube: www.youtube.com/channel/UChJn2bvjVGwm8ihUyqTvh5Q
>> Facebook: www.facebook.com/orelhasetiaras
>> Instagram: www. instagram.com/orelhasetiaras
>> Twitter: www.twitter.com/ OTiaras
>> Fale com ele: paulogratao@outlook.com
Quer receber mais artigos como esse? Cadastre-se e receba nossas novidades em seu e-mail!
Sobre o Paulo Gratão:
Jornalista, escritor, criador e apresentador do canal do YouTube Orelhas & Tiaras, especializado no universo das animações Disney. Há vídeos novos todas às terças e quintas-feiras, ao badalar da meia-noite.

>> YouTube: www.youtube.com/channel/UChJn2bvjVGwm8ihUyqTvh5Q
>> Facebook: www.facebook.com/orelhasetiaras
>> Instagram: www. instagram.com/orelhasetiaras
>> Twitter: www.twitter.com/ OTiaras
>> Fale com ele: paulogratao@outlook.com
Compartilhar:
Quer falar diretamente com seu público-alvo?
Anuncie aqui!
Nossos canais:
® São Paulo para Crianças é uma marca registrada. Todos os direitos reservados. - desenvolvido por Ideia74
Cadastre-se para ficar por dentro das novidades!