compartilhe
São Paulo
+16...+30° C

Para todos! Sessão Azul: cinema inclusivo para crianças com distúrbios sensoriais e suas famílias

Publicado em 02/04/2018

Uma sessão de cinema com som mais baixo, luz acesa, onde é permitido entrar e sair quando quiser, dar um passeio pela sala, conversar e sorrir. Essa é a Sessão Azul, criada com a proposta de realizar sessões de cinema e outros passeios adaptados para crianças com distúrbios sensoriais e suas famílias. E o mais legal é que o objetivo principal é que as sessões funcionem como uma extensão ao trabalho terapêutico realizado com a criança e aumentem o engajamento dos pais no processo de tratamento!

As sessões acontecem em cinemas no Rio de Janeiro, Niterói, São Paulo, Vila Velha, Goiânia e Brasília. Os filmes exibidos são de temática infantil, em versão dublada e escolhidos pelo público na semana anterior a data de exibição, por meio de enquetes no site www.sessaoazul.com.br. Acompanhe a a agenda com as próximas sessões no site e nas redes sociais do São Paulo para Crianças ou ainda em www.sessaoazul.com.br/sessoes .


Como funciona?

Durante toda a exibição do filme, a sala de cinema fica com as luzes acesas, o som fica mais baixo e a plateia pode andar, dançar, gritar ou cantar à vontade. Não são exibidos trailers comerciais, a menos que já façam parte do filme. Profissionais devidamente capacitados  acompanham e orientam as famílias. O objetivo é auxiliar as crianças na adaptação ao ambiente e orientar os pais sobre como lidar com as dificuldades de adaptação do pequeno ao novo espaço. Os pais ou responsáveis podem fazer o download do material de “Rotina do Cinema” para antecipar os passos para a criança.


Mas como surgiu a Sessão Azul?

​Após anos escutando, observando e vivenciando experiências de famílias de pessoas com Transtorno do Espectro do Autismo (TEA), os idealizadores Carolina Salviano de Figueiredo (Psicóloga), Bruna Manta (Psicóloga) e Leonardo Bittencourt Cardoso (Gerente de Projetos) identificaram vários casos em que familiares deixavam de ter um maior convívio social por receio ou, em algumas circunstâncias, até mesmo receio da reação do autista em situações que para ele talvez não sejam tão confortáveis. Algumas delas, como ir ao shopping, restaurantes, festas ou ao cinema, aparentemente tranquilas para quem não sofre de TEA, podem ser bastante incômodas para os autistas. ​Com isso, eles buscaram opções de lazer para essas famílias e identificaram que no Brasil existem pouquíssimas alternativas de entretenimentos voltados para os envolvidos com TEA. Diante disso, tomando por base a mesma iniciativa do CineMaterna, decidiram fundar a organização de sessões de cinema especialmente voltadas para pessoas com TEA e seus familiares, em um ambiente customizado que torna muito mais confortável a experiência de ir ao cinema.


 

Quer receber mais notícias como essa? Cadastre-se e receba nossas novidades em seu e-mail!
Compartilhar:
Cinema

5 castelos das princesas Disney que existem de verdade!

publicado em 16/07/2018
Cinema

Os Incríveis 2 é a animação com maior estreia da história – no Brasil também!

publicado em 08/07/2018
Cinema

Férias com novidade nas telonas: “Homem-Formiga e a Vespa” estreia nos cinemas em 5 de julho

publicado em 05/07/2018
Quer falar diretamente com seu público-alvo?
Anuncie aqui!
Nossos canais:
® São Paulo para Crianças é uma marca registrada. Todos os direitos reservados. - desenvolvido por Ideia74
Cadastre-se para ficar por dentro das novidades!