compartilhe
São Paulo
+16...+30° C

Futuro: caderneta de poupança é ótima opção de investimento para as crianças

Por Reinaldo Domingos - publicado em 03/11/2017

Hoje em dia, são tantas opções de presentes para aniversário e Natal que, muitas vezes, fica difícil ser criativo nessa data. Contudo, porque, além dos tradicionais presentes, não fazer algo diferente pelos nossos filhos? Pensando nisso, resolvi falar um pouco de tema que é benéfico para eles, não só em curto como também em longo prazo: a caderneta de poupança.

Esse tipo de investimento sempre foi – e continua sendo – um dos mais populares entre os brasileiros, por não oferecer riscos, não precisar pagar taxas, não abater do Imposto de Renda e, o melhor, por poder realizar retiradas a qualquer momento, sem perda de rentabilidade. Isso faz com que essa seja uma das melhores opções para aplicar o dinheiro dos pequenos, principalmente se o mesmo for ser utilizado em menos de um ano.

Sendo assim, recomendo que os pais avaliem com carinho a possibilidade de, além dos desejos imediatos das crianças, incentivá-las a realizar sonhos futuros, presenteando-as com uma poupança atrelada a um desejo que ela tenha. Essa simples iniciativa, além de ensiná-los o valor do dinheiro e a importância de poupar, trará grande felicidade na hora que o objetivo for atendido.

Mas é importante que os aniversários e mesmo o Natal não causem reflexos negativos em sua vida financeira, assim, antes de comprar os presentes e iniciar a poupança, façam as contas, isto é, realizem um diagnóstico da vida financeira da família, vendo de quanto poderão dispor para o presente. Conversem com os filhos, dizendo que, por estarem fazendo uma poupança a eles para um objetivo maior, o presente terá de ser mais barato. Eles entendem muito mais do que imaginamos.

Não tenham dúvidas de que eles vão adorar a ideia de ter “dinheirinho no banco” atrelado a um sonho, pois isso dá a eles a sensação de estarem crescendo, o que não deixa de ser verdade. Lembrando que, para eles, os sonhos de curto prazo são os de até três meses, os de médio, de até seis meses e os de longo, de até um ano.

Expliquem exatamente como funciona a poupança, o motivo de ser melhor depositar o dinheiro lá do que guardar em casa. Parece difícil falar sobre juros com crianças, mas não é. Esclareça que vale a pena depositar o dinheiro no banco, pois ele também colocará, todo mês, algumas moedas nessa poupança, em agradecimento por vocês guardarem seus recursos lá.

Isso fará com que as crianças percebam que, dessa forma, os juros trabalham a seu favor e, sendo assim, os seus sonhos poderão ser realizados mais rapidamente. Acreditem, vocês, pais, estarão contribuindo para a formação de uma geração mais poupadora e consciente financeiramente.

Sobre Reinaldo Domingos:
Doutor em educação financeira, presidente da Associação Brasileira de Educadores Financeiros (Abefin) e da DSOP Educação Financeira e autor do best-seller Terapia Financeira, do lançamento Diário dos Sonhos e da primeira Coleção Didática de Educação Financeira do Brasil. Domingos é pai do Fabrizzio e da Graziella.
Quer receber mais artigos como esse? Cadastre-se e receba nossas novidades em seu e-mail!
Sobre o Reinaldo Domingos:
Doutor em educação financeira, presidente da Associação Brasileira de Educadores Financeiros (Abefin) e da DSOP Educação Financeira e autor do best-seller Terapia Financeira, do lançamento Diário dos Sonhos e da primeira Coleção Didática de Educação Financeira do Brasil. Domingos é pai do Fabrizzio e da Graziella.
Compartilhar:
Quer falar diretamente com seu público-alvo?
Anuncie aqui!
Nossos canais:
® São Paulo para Crianças é uma marca registrada. Todos os direitos reservados. - desenvolvido por Ideia74
Cadastre-se para ficar por dentro das novidades!