compartilhe

Christopher Robin é a novidade nos cinemas brasileiros

Por Paulo Gratão - publicado em 18/08/2018

Depois de muita espera, finalmente poderemos conferir a nova versão da história de Winnie the Pooh nos cinemas brasileiros. O live action Christopher Robin – Um Reencontro Inesquecível, estrelado por Ewan McGregor, chegou às telonas de todo o Brasil na última quinta-feira, dia 16 de agosto.

Nos Estados Unidos, onde o filme já está em cartaz há duas semanas, conseguiu arrecadar US$ 25 milhões de bilheteria no primeiro fim de semana, ficando atrás de Missão Impossível, que arrecadou US$ 35 milhões. A nota da crítica especializada é de 69%.

O filme

A nova história contará a vida adulta de Christopher Robin (Ewan), bem longe do Bosque dos Cem Acres. Ele cresceu, mora em Londres com sua família e esqueceu seus bichinhos de pelúcia. Tem um emprego que suga todos seus momentos livres e não tem tempo para valorizar quem ama.

Christopher precisa se reencontrar com sua infância para encontrar seu caminho. Isso é uma tarefa para Pooh e seus amigos!

Repercussão

Embora a crítica tenha gostado do filme, em geral, algumas observações foram pontuadas. Na vida real (sim, é baseado em uma história real), a filha do Christopher Robin se chama Clare Milne, e nasceu com paralisia cerebral. Hoje, ela é uma figura filantrópica famosa e criou o Fundo Clare Milne para
estudar e ajudar pessoas deficientes na Inglaterra. Nada disso, nem mesmo a doença de Clare, é abordada no filme.

Além disso, o novo filme foi banido na China, pois o ursinho Pooh é constantemente comparado ao presidente Xi Jinping. Desde 2013, o personagem é banido do País, pois foram criados diversos memes
comparando as duas figuras. No entanto, a revista Hollywood Reporter lembra que somente 34 filmes estrangeiros são autorizados a estrear no país por ano, e pode ser que, na verdade, o mercado esteja mais interessado em outros filmes.

Histórico

O universo de Pooh já rendeu cinco filmes nos cinemas. O primeiro em 1977, com três histórias, depois um filme para o Tigrão, em 2000, um para o Leitão, em 2003, Pooh e o Efalante em 2005 e o último Winnie the Pooh, em 2011.

Fora os seriados, filmes direto para Home vídeo, entre outras obras. O primeiro curta-metragem foi produzido pelo estúdio em 1966.

Saiba Mais:

Sobre Paulo Gratão:
Jornalista, escritor, criador e apresentador do canal do YouTube Orelhas & Tiaras, especializado no universo das animações Disney. Há vídeos novos todas às terças e quintas-feiras, ao badalar da meia-noite.

>> YouTube: www.youtube.com/channel/UChJn2bvjVGwm8ihUyqTvh5Q
>> Facebook: www.facebook.com/orelhasetiaras
>> Instagram: www. instagram.com/orelhasetiaras
>> Twitter: www.twitter.com/ OTiaras
>> Fale com ele: paulogratao@outlook.com
Quer receber mais artigos como esse? Cadastre-se e receba nossas novidades em seu e-mail!
Sobre o Paulo Gratão:
Jornalista, escritor, criador e apresentador do canal do YouTube Orelhas & Tiaras, especializado no universo das animações Disney. Há vídeos novos todas às terças e quintas-feiras, ao badalar da meia-noite.

>> YouTube: www.youtube.com/channel/UChJn2bvjVGwm8ihUyqTvh5Q
>> Facebook: www.facebook.com/orelhasetiaras
>> Instagram: www. instagram.com/orelhasetiaras
>> Twitter: www.twitter.com/ OTiaras
>> Fale com ele: paulogratao@outlook.com
Compartilhar:
Quer falar diretamente com seu público-alvo?
Anuncie aqui!
Nossos canais:
® São Paulo para Crianças é uma marca registrada. Todos os direitos reservados. - desenvolvido por Ideia74
Cadastre-se para ficar por dentro das novidades!