compartilhe
São Paulo
+16...+30° C

21 filmes sobre Síndrome de Down para se divertir e se emocionar

Publicado em 21/03/2018

No dia 21 de março é comemorado o Dia Internacional da Síndrome de Down. A data, que foi proposta pela Down Syndrome International, é comemorada desde 2006 e não foi escolhida à toa: 21 de março (21/03) faz alusão à trissomia do 21, já que a condição é causada por uma falha no processo de divisão celular em que o cromossomo “21”, ao invés de se dividir e formar um par, aparece com três exemplares.

Em comemoração a esse dia especial, separamos 21 filmes, entre romances, comédias, dramas e documentários, que retratam a vida de pessoas que convivem com a síndrome. Muitos deles são indicados para todas as idades, para poder assistir junto com os pequenos. Uma boa maneira de aprender e desconstruir possíveis preconceitos, enquanto nos divertimos!

Confira a lista:

  1. Colegas (2013) Direção: Marcelo Galvão. 1h 34min, não recomendado para menores de 10 anos.
    Nessa comédia nacional, Stallone (Ariel Goldenberg), Aninha (Rita Pook) e Márcio (Breno Viola) são grandes amigos que vivem juntos em um instituto para portadores da síndrome de Down, ao lado de vários outros colegas. Um belo dia, inspirados em diversos filmes, eles roubam o carro do jardineiro (Lima Duarte) e fogem para conhecer o mundo. Uma bela fábula sobre dificuldades e sonhos, embalada por uma trilha sonora com canções de Raul Seixas.
  2. Do Luto à Luta (2005) Direção: Evaldo Mocarzel. 1h 15min, livre.
    Ainda há preconceito e visões errôneas a respeito da Síndrome de Down,  tanto da sociedade como os próprios pais, em um primeiro momento, podem se distanciar do filho que acaba de nascer. Esse documentário revela que as deficiências existentes são possíveis de ser superadas e mostra também as possibilidades e um pouco do mundo de pessoas que vivem com essa condição.
  3. O Oitavo Dia (Le Huitième Jour, 1996) Direção: Jaco van Dormael.  1h 58min, livre.
    Nessa comédia dramática belga, Harry (Daniel Auteuil) é um empresário estressado, que trabalha no departamento comercial de um banco belga e foi abandonado por sua esposa e filhas há pouco tempo. Deprimido, ele se dedica ao trabalho durante os 7 dias da semana. Até que um dia ele decide vagar pelas estradas da França, sem rumo definido. Após quase atropelar Georges (Pascal Duquennes), que possui síndrome de Down, Harry decide levá-lo para casa mas não consegue se desvencilhar dele.
  4. Marina Não Vai à Praia (2015) Direção: Cássio Pereira dos Santosinfantil. 17 min, infantil
    Nesse curta metragem, um grupo de adolescentes do interior de Minas Gerais prepara uma excursão para o litoral. Marina, uma garota com síndrome de Down, deseja conhecer o mar. Impedida de viajar com sua irmã, ela busca outros caminhos para realizar seu sonho.
  5. Anita (2009) Direção: Marcos Carnevale. 1h44.
    Nesse drama argentino, Anita (Alejandra Manzo) é uma jovem com síndrome de Down que vive uma rotina tranquila e feliz, sendo bem cuidada pela mãe Dora (Norma Aleandro). Tudo muda em uma trágica manhã de 1994, quando ocorre um atentado a Associação Israelita na Argentina. Sozinha e desorientada, Anita vagueia pela cidade em meio a aquela confusão, onde tem que aprender a cuidar de si mesma e ajudar outras pessoas, enquanto busca pela sua mãe.
  6. City Down – A História de um Diferente (2010) Direção: José Mattos e P. C. Nogueira. 1h31
    A trama apresenta as dificuldades enfrentadas por um personagem que nasce sem a síndrome em uma sociedade totalmente down. Um dia você acorda, levanta, sai à rua. De repente, como um passe de mágica, se dá conta de que tudo está diferente. Diferente de você. Você é o diferente, agora. As pessoas, que exibem outras feições, lhe acham estranho. Não sabem muito bem como lidar ou o que esperar da sua personalidade – pensam isso, aliás, sem saber que a aparência nada tem a ver com personalidade. A partir daí você travará uma batalha contra um forte inimigo: o preconceito. Mas, se quiser, aí vai um segredo: ele é vencível.
  7. Leon y Olvido (2004) Direção: Xavier Bermúdez. 1h52
    Retrata os problemas de relacionamentos entre Olvido, uma mulher de 21 anos e León, seu irmão gêmeo com síndrome de Down. Após ficarem órfãos, sua única herança é a casa onde moram e um carro velho. Um conflito cada vez mais díficil começa a se instalar entre os irmãos: Olvido quer que León aceite morar em um internato ou que vá e volte sozinho da escola, além se se ocupar, pelo menos, de algumas tarefas domésticas. Já León faz de tudo para ter o mínimo de responsabilidade possível,  e sua irmã cuide dele de corpo e alma.
  8. Sem Medo da Vida (2001) Direção Anette Carducci. 1h26
    Ao ser abandonada pelo marido, psicóloga decide desvendar o seu passado amoroso na companhia de seu neto de seis anos que é portador da Síndrome de Down.
  9. Nós Sempre o Amaremos (1993) Direção: Michael Katleman.
    Um casal dá luz a gêmeos, um com Síndrome de Down e outro de saúde frágil e decide doar o primeiro. Os avós entram na justiça para impedir.
  10. O Guardião de Memórias (2008) Direção: Mick Jackson.  1h30, não recomendado para menores de 10 anos.
    Em 1964, Dr. David Henry (Dermot Mulroney) separou sua filha de seu irmão gêmeo para esconder de sua esposa que a menina tinha Síndrome de Down. Entregando a garotinha aos cuidados de uma enfermeira (Emily Watson), David corta todo o contato com ela e concentra-se em seu filho e na esposa (Gretchen Mol). Durante os próximos 25 anos, sua filha cresce e transforma-se numa bela moça, enquanto David assiste à derrocada da família que lhe restou… sabendo que jamais poderá revelar seu segredo.
  11. A Outra Margem (2008) Direção: Luís Filipe Rocha. 1h46, não recomendado para menores de 14 anos.
    O português Ricardo trabalha fazendo apresentações como travesti em um bar de Lisboa. Quando seu amante se mata, Ricardo entra em uma fase de depressão que não parece ter fim. No entanto, sua irmã, Maria, ao saber de suas dores começa a se reaproximar junto com seu filho, Vasco, que possui a síndrome.
  12. Yo También (2009) Direção: Antonio Naharro e Álvaro Pastor. 1h43
    Daniel (Pablo Pineda), um jovem sevilhano de 34 anos, é o primeiro europeu com síndrome de Down que obteve título universitário. Começa sua vida profissional na administração pública onde conhece Laura (Lola Dueñas), uma colega de trabalho sem deficiências aparentes e acaba se apaixonando por ela.
  13. O Filho Eterno (2016) Direção: Paulo Machline. 1h22, não recomendado para menores de 14 anos.
    O casal Roberto (Marcos Veras) e Cláudia (Débora Falabella) aguarda ansiosamente pela chegada de seu primeiro bebê. Mas toda a áurea de alegria dos pais é transformada em incerteza e medo com a descoberta de que Fabrício, o bebê, é portador da Síndrome de Down. A insatisfação e a vergonha tomam conta do pai, que terá de enfrentar muitos desafios para encontrar o verdadeiro significado da paternidade. Destaque para a emocionante atuação de Débora Falabella.
  14. Cromossomo 21 (2017) Direção: Alex Duarte. 1h31, não recomendado para menores de 10 anos.
    Vitória (Adriele Lopes Pelentir) é uma moça com Síndrome de Down que leva a vida como qualquer jovem da sua idade. Entre as aulas de natação, piano e a faculdade, ela conhece Afonso (Luís Fernando Irgang) e a paixão é instantânea. Agora, os dois vão iniciar uma história de amor que nenhuma diferença conseguirá abalar.
  15. Um dia desses (2012) Direção: Travis Fine. 1h38
    Nos anos 70, Rudy Donatello (Alan Cumming) e Paul Fliger (Garret Dillahunt) formam um casal gay que adota um jovem com síndrome de down, Marco Deison (Isaac Leyva). Marco foi abandonado pela mãe biológica viciada em drogas quando criança e encontra em seus novos pais a família que nunca teve.
  16. Monica & David (2009). Direção: Alexandra Codina. 1h08.
    Documentário do HBO sobre um casal com Síndrome de Down que vive normalmente, como qualquer outro casal: trabalho, independência, responsabilidade e relacionamento. Monica e David abrem os olhos dos espectadores mostrando o quão capazes podem ser os portadores da síndrome.
  17. Cafe de Flore (2010). Direção: Jean-Marc Vallée. 2h
    Esta história de amores se passa em dois momentos distintos: Paris nos anos 1960, e Montreal nos dias atuais. Na primeira história, Antoine é um DJ canadense, apaixonado pela namorada Rose, mas ainda traumatizado pelo fim da relação com Carole, seu amor de adolescência e mãe de seus filhos. Já a segunda história mostra Jacqueline (Vanessa Paradis), mãe de um jovem com Síndrome de Down, que se apaixona por uma garota com a mesma condição.
  18. Um chamado Especial (2014). Direção: Donald Leow. 1h34, não recomendado para menores de 12 anos.
    Lutando para ser aceita entre os populares da escola, uma aluna tenta esconder sua amizade com uma garota portadora de síndrome de Down.
  19. Onde nasce a esperança (2014) Direção: Chris Dowling. 1h35
    Um problemático ex-jogador revigora sua vida através de uma amizade com um funcionário de supermercado com síndrome de Down.
  20. Um mundo sem Sindrome de Down? (2016) Direção: Clare Richards. 1h
    Documentário britânico da BBC, que discute questões éticas, cidadania e o papel das pessoas com down na sociedade.
  21. Fibra (2012) Produção: Doc Dois Filmes. 25 minutos.
    Documentário sobre a Coepad, primeira cooperativa no Brasil formada por portadores de deficiência intelectual, e tem como fio condutor as relações de amizade entre Fabiana Brito, Luciano Ramos e Angélica Medved, portadores de síndrome de Down.
Quer receber mais notícias como essa? Cadastre-se e receba nossas novidades em seu e-mail!
Compartilhar:
Cinema

5 castelos das princesas Disney que existem de verdade!

publicado em 16/07/2018
Cinema

Os Incríveis 2 é a animação com maior estreia da história – no Brasil também!

publicado em 08/07/2018
Cinema

Férias com novidade nas telonas: “Homem-Formiga e a Vespa” estreia nos cinemas em 5 de julho

publicado em 05/07/2018
Quer falar diretamente com seu público-alvo?
Anuncie aqui!
Nossos canais:
® São Paulo para Crianças é uma marca registrada. Todos os direitos reservados. - desenvolvido por Ideia74
Cadastre-se para ficar por dentro das novidades!